UFRJ+100 | Mesa: Segurança pública como desafio à democracia

A mesa Segurança pública como desafio à democracia integra a programação do  ciclo de debates UFRJ+100 Anos: Desafios para o Brasil. O evento irá reunir pesquisadores de diversas instituições de pesquisa do Brasil e do exterior para discutir quais desafios se impõem ao país e como a Universidade pode ajudar a criar respostas, a partir da produção de conhecimento, tecnologia e inovação. Realizado pelo Fórum de Ciência e Cultura, o evento acontecerá de modo remoto, nos dias 8, 9 e 10 de setembro. Conheça a programação completa e se inscreva gratuitamente em ufrjmais100.forum.ufrj.br.Para assistir à mesa  Segurança pública como desafio…

0 Comentários

[Eventos] 3ª Conferência FAPESP 60 anos: Sociedades Violentas

A 3ª Conferência FAPESP 60 anos discutirá a violência nas sociedades contemporâneas sob dois ângulos: o da violência estatal exercida por polícias e outros agentes do Estado, para além de suas atribuições legais; e o da violência exercida por atores sociais, em defesa de atividades econômicas, caso das milícias, ou de valores políticos, caso dos movimentos sociais. O tema será debatido por três pesquisadores de referência na área. Saiba mais através do link <https://fapesp.br/15022/3a-conferencia-fapesp-60-anos-sociedades-violentas>

0 Comentários

[Divulgação] Acumulação social da violência no Brasil. Entrevista especial com Daniel Hirata

“O que vai sobrar como elemento de construção política para as eleições de 2022? O velho discurso que funciona há anos no Brasil: a oposição entre o chamado cidadão de bem e o criminoso”, lamenta o sociólogo Daniel Hirata, ao comentar as perspectivas para o futuro tendo em vista a realidade presente do país mais violento da América Latina. Segundo ele, apesar de a região concentrar somente 8% da população mundial, “cerca de 40% do total dos homicídios no mundo”, quase 150 mil por ano, ocorrem na América Latina... Confire a entrevista completa através do link <http://www.ihu.unisinos.br/611522-preservacao-das-instituicoes-depende-do-controle-democratico-das-policias-entrevista-especial-com-daniel-hirata>

0 Comentários

[Artigo] Entre altos e baixos: dinâmicas da violência letal no Espírito Santo e Minas Gerais entre os anos 2000 e 2020

O presente artigo tem como objetivo discutir as dinâmicas da letalidade violenta, sobretudo entre jovens, nos estados do Espírito Santo e Minas Gerais. A partir de dados quantitativos e resultados de pesquisas de campo qualitativas realizadas pelos autores e por pares, o artigo discute a redução das mortes violentas intencionais nos dois estados na última década, a influência, ainda pontual, das facções criminais oriundas do Rio de Janeiro e São Paulo, com maior centralidade nas dinâmicas locais de rivalidades violentas e conflitos armados, e o intenso aumento da letalidade policial em Minas Gerais e Espírito Santo. Finalmente, o artigo inicia…

0 Comentários

Moral em questão

O I Seminário Internacional Questões de Moral, Moral em Questão: Sociologia e Antropologia do Bem em Tempos Desafiadores propõe colidir e colocar em diálogo no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), perspectivas preocupadas em “desnaturalizar”, por meio das ferramentas sociológicas e antropológicas, a moral ou o universo das moralidades, enfatizando as perspectivas dos atores sobre suas formas de valoração e de construção de quadros de valores. O evento conta com uma programação de três dias, dividida entre três conferências com convidados internacionais, quatro mesas temáticas de pesquisadores convidados do Brasil e…

0 Comentários

Letalidade Policial

O Voto do Ministro Edson Fachin, relator do julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a letalidade policial no estado do Rio de Janeiro, resultante de audiência pública a respeito da Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) nº 635, contou com o suporte das investigações realizadas pelo Núcleo de Estudos da Cidadania, Conflito e Violência Urbana (NECVU), lideradas por Michel (PPGSA/UFRJ) e contando também com a participação de Daniel Hirata (PPGS/UFF) e Desmond Arias (Georgetown University). Acesse aqui

0 Comentários

Resultado do edital para número especial de Dilemas

Após um pequeno atraso, o comitê de avaliação formado pelos professores doutores Benjamin Lessing (Universidade de Chicago), Michel Misse (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Joana Monteiro (Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro) e Gustavo Duncan (Universidad EAFIT, Medelín) chegou ao resultado da seleção de propostas de artigos para o número especial de Dilemas intitulado “Governança Criminal na América Latina em Perspectiva Comparada”. O comitê destacou o grande número de propostas de muito boa qualidade. Dada a impossibilidade de acolher nesse número todas as propostas recebidas, recomenda-se que os proponentes não selecionados submetam os seus artigos para o fluxo contínuo…

0 Comentários

[Reflexões na Pandemia] Dos gestos (e imagens) necessários à afirmação da vida: Cultura política, práticas de memória e pandemia

Autora: Fabiana A. A. Jardim “Se o enfrentamento dos repetidos eventos violentos, a despeito de suas profundas diferenças, produziu um repertório de gestos e imagens memoriais, como fazer uso deles para atender ao já consolidado dever de memória, mas insistindo na possibilidade — projetada sobre o ato público de lembrar — de que contribuam para interromper as variadas violências que agora se combinam na produção de uma escala tão imensa de mortes, boa parte delas evitáveis?” Acesse aqui

0 Comentários

[Vídeo] “Os sentidos do cárcere” está disponível no Youtube

Cesar Pinheiro Teixeira, David Maciel de Mello Neto e Rafael Godoi, pesquisadores de pós-doutorado do PPGSA, foram os convidados dos Debates do PPGSA, discutindo "Os sentidos do cárcere: incapacitação e ressocialização na realidade prisional brasileira contemporânea". Você pode encontrar o vídeo dessa conversa no canal do youtube do NECVU: https://www.youtube.com/watch?v=_U6XpykQJvw

0 Comentários